Fique por dentro das novidades

Projeto Driblando a Fome ganha uma tonelada de arroz

A live solidária do Projeto Driblando a Fome, iniciativa do Instituto Brasil+Social, reuniu empresários e celebridades para fomentar a solidariedade. Ganhou uma tonelada de arroz da empresa Prato Fino, gentilmente trazida ao Projeto por Adriana Araújo, apresentadora do programa “Talentos”, do SBT de Santa Catarina.

Objetivo do Programa Entre Craques com Gil Santos, levado ao ar pelo Instagram @gilsantoscraques, foi sensibilizar os internautas e trazer musculatura ao Projeto por meio de doações de alimentos para comunidades e famílias carentes cadastradas.

Participaram o sanfoneiro Targino Gondim; a empresária e ativista Luiza Brunet; o ex-jogador e atual secretário de esportes de Cajamar, Fabiano Rodrigues; o ex-jogador do Corinthians e comentarista, Zenon; a cantora Juliana Valiati; o empresário Paulo Sentinela, da empresa Brizzamar; a empresária Tamara Betini Bezerra, que pratica obra social em Atibaia; o colunista dos famosos, Cido Marques; o jornalista Hebert de Souza, que ficou famoso com o Programa Aqui e agora; e a jornalista e coach Valéria Casseb. No segmento religioso, a live trouxe o padre Márcio, da Paróquia Santa Cruz, de Barueri; e a pastora Yonara. Representando a comunidade de Capão Redondo, compareceu Danilo Aparecido Jales Souza, presidente do Instituto Uniação Oliveira Brito, que mantém uma escolinha de futebol para crianças carentes.

Com bate-papos descontraídos entremeados por música de Targino Gondim e de Juliana Valiati, a live focou no tema da solidariedade, alertando para a questão da renda e do emprego no país.

Adote uma família

Foi lançada na live a campanha “Adote uma família”. E a ideia é simples: as pessoas e empresas escolhem quantas famílias querem adotar, qual a data da doação e se querem colaborar por 3, 6 ou 12 meses com o valor de R$ 69,00 por cada cesta. Basta entrar no site www.institutobrasilsocial.org.br, preencher o cadastro, e os voluntários do Instituto enviarão um boleto mensal na data escolhida.

Para Gil Santos, a campanha traz transparência na doação. ” Quando você se cadastra, logo fica sabendo quais famílias vai ajudar. Temos um cadastro com os nomes das famílias, endereço, RG, CPF e contato. E no dia da doação, o doador pode comparecer ao nosso centro de armazenamento e distribuição e fazer a doação pessoalmente para as famílias adotadas”, conta Santos.

A campanha “Adote uma família” pretende humanizar a doação, aproximando quem doa de quem recebe. Além disso, a ideia é arrecadar os fundos e comprar as cestas em lote para garantir a uniformidade e qualidade das cestas básicas.

O empresário Claudemir Spiler Mantovan, da SMH Sistemas, ficou sensibilizado com a campanha e decidiu adotar cinco famílias por um ano. “O exemplo dele incentiva outros empresários. E isso formará uma rede do bem com dezenas de pessoas apoiando centenas de famílias”, destaca Gil Santos.

Grafiteiro usa talento e doa arte

O artista plástico e grafiteiro Ícaro doou seu talento e sua arte com um grafite estampado no muro e fachada do centro de armazenamento e estoque do Instituto Brasil+Social, localizado na Rua Acarajé, 311, no bairro do Ipiranga. Neste local, a instituição recebe e armazena os alimentos e cestas básicas que vai doar para famílias carentes.

Serviço

Instituto Brasil+Social- Projeto Driblando a Fome

@institutobrasilsocial @gilsantoscraques

contato@institutobrasilsocial.org.br

Fonte: https://bit.ly/2F1hhrk

Veja mais

Relação entre açúcar e câncer: é verdade que o açúcar alimenta o câncer?

Apesar dos carboidratos serem fonte de energia para as células de nosso corpo, sejam elas mutadas ou não, o consumo desses açúcares não promovem uma piora clínica da doença por si só.</

O consumo normal de açúcar não acelera a resposta da doença nem sua eliminação da dieta promove cura.

Os carboidratos são nutrientes importantes  que devem ser inclusos numa dieta balanceada junto a hábitos saudáveis e dependendo do grau e avanço da doença, as nossas necessidades energéticas são maiores e uma restrição de carboidratos no geral pode ser prejudicial ao tratamento devido ao maior risco de desnutrição.

Leia mais »

O que é saúde?

A saúde é multifatorial e mutável, ao longo da vida teremos momentos de maior bem estar e plena utilização das nossas faculdades físicas e mentais, momentos de adoecimentos e maiores limitações, independente do diagnóstico de doença que possamos receber ou da idade que temos.

Para ampliar essa visão trouxemos algumas informações baseadas nas recomendações e estudos da OMS e do Ministério da Saúde para você fazer a sua vida mais saudável

Leia mais »

Campanha Março Azul alerta para o câncer colorretal

O câncer colorretal é o segundo que mais mata no Brasil, atingindo mais de 40 mil pessoas por ano. Atualmente, a chance de uma pessoa desenvolver a doença é da ordem de 4,3%: sua incidência é mais comum entre homens e mulheres com mais de 45 anos ou em pessoas que tenham casos na família.

Leia mais »